21 maio 2017

Convite para Feira do Livro de Lisboa


É com muita alegria que deixo aqui o convite para minha sessão de autógrafos, na maior feira de livros em Portugal!

Amores em Metamorfose Antologia

Revista Livros Nacionais e a Editora Ella, lançará antologia "Amores em metamorfose", na Bienal Internacional do Rio de Janeiro!!!

Essa linda capa de Hellen H. Pimentel está um arraso, parabéns pelo trabalho!

Sinopse: Nossa antologia veio para quebrar regras, onde amar não tem limites. Sem usar “rótulos”, ou seja, caso não tenha a mente aberta para vários gêneros literários, desculpe-nos, mas este livro não é para você! Este é para quem ama literatura, indiferente de quem, ou que estilo aborde, seja qual gênero for. Nesta antologia, terá uma gama de gêneros, como: Romance drama, suspense, eróticos, LGBTs, chick-lit, versos e poesias românticas. Estamos juntos e misturados. Cada um com sua verdadeira essência!

Tenho o prazer em estar presente no projeto!
Meu conto Felicidade não tem idade será publicado!
Obrigada Revista Livros Nacionais e editora Ella, pela confiança no meu trabalho.
                                                                          
 

19 maio 2017

Crys & Fantasia

18 maio 2017

Entrevista com Luciana Leopoldino


Conte-nos um pouco sobre você. 

R: Meu nome Luciana Leopoldino, sou natural de Nova Cantú, PR. Moro em Arapongas há 15 anos. Sou formada em Letras pela Unicesumar de Maringá. Sou casada e mãe de dois filhos, gosto de dizer que sou a décima primeira filha dos treze filhos de Joaquim e Nazareth.

Como surgiu seu fascínio pela literatura?

R: Meu fascínio pela leitura surgiu na infância. Meu pai que é analfabeto conheceu a literatura de cordel numa rodoviária e começou a comprar para lermos pra ele, assim formou-se uma roda de leitura em casa e as vezes vinha até vizinhos para acompanhar as leituras. Quando o cordel começou a ficar escasso eu resolvi escrever a vida de meu pai em cordel, com 13 anos mais ou menos é que escrevi meu primeiro livro “A HISTÓRIA DE JOAQUIM, EM CADA BATALHA VENCIDA UMA LIÇÃO DE VIDA”. Desde esta época sempre escrevi, mas a publicação do primeiro livro só aconteceu em 2014.  


O que você acha da Literatura Nacional?

R: A literatura nacional para mim não deixa nada a desejar quando comparada a literatura estrangeira, temos grandes escritores nacionais. Porém, basta entrar em uma grande livraria e o que vemos é traduções e literatura clássica, dá a impressão que não existe escritores nacionais do momento, nisso se percebe a grande falta de apoio que escritores nacionais enfrentam.


Quais os seus autores preferidos na Literatura brasileira contenporanêa?

R: Eu particularmente, gosto de contos, crônicas e poesias costumo ler os que me procuram, como os amigos de perto ou de Facebook, até porque o tempo para leitura tem sido muito restrito, como me formei no início deste ano, tinha a obrigação de ler os clássios, que adoro!
Assim admiro e gosto de ler Fernando Sabino, Rubem Braga, Luis Fernando Veríssimo, já poesia sou fã de Sérgio Vaz e Patativa do Assaré, adoro poesias curtas com grandes interpretações.


Como surgiu seu primeiro trabalho como autor?

R: Meu primeiro trabalho foi a “História de Joaquim”, publicada de forma indepente, em 2014. Em 2016 publiquei o livro infantil “Porque Somos Todos Diferentes”, pela Editora Chiado. Agora pretendo publicar um livro de autoajuda e motivação direcionado aos leitores adultos “Um Diálogo Com Deus, Da Depressão à Cura”


Você tem textos no Wattpad?

No Wattpad tenho dois textos o primeiro um romance “ENTRE ALMAS”, o segundo estou iniciando com crônicas sobre o dia a dia da mulher com o título “A SOLIDÃO DE SER MULHER”.



A História de Joaquim

Este livro apresenta uma renovação na literatura de cordel. O texto e o tema se mantém fiel a esta literatura, porém, a apresentação em formato de livro, ilustrado em aquarela traz um diferencial para o cordel brasileiro.
Eu vou contar para você,
Uma história importante pra mim.
É a história de um mineiro
Com o nome de Joaquim.[...]











Porque Somos todos diferentes

Seria possível a amizade entre um rato e uma girafa?
Nesta fábula infantil, com ilustrações que cativam os olhos das crianças, a girafa Gilda e o ratinho Rico não só provam que é possível, com também, nos ensinam uma valorosa lição sobre diferenças.
[...] Então, Gilda aproveitou aquela situação para dar uma lição em Rico,  e falou:
---Viu meu amigo, porque somos todos diferentes?[..]











Entre Almas

Um amor que sonha viver algo inesquecível, teria uma segunda chance, apesar dos desencontros? Apesar do casamento, dos filhos e da morte?
Um amor verdadeiro permanece mesmo depois de uma separação, alimentando sonhos de momentos não vividos ou, momentos incompletos de promessas feitas, onde o tempo não permite a consumação de uma história.



A Solidão de ser Mulher
https://www.wattpad.com/story/105275574-a-solid%C3%A3o-de-ser-mulher
Toda mulher tem seus segredos, tem dentro de si anjos ou demônios, que só são revelados nos momentos de solidão.
               
Capa Provisória
Do livro UM DIÁLOGO COM DEUS, Da Depressão à Cura. De repente, sinto que minha vida passa paralela a mim, como si eu fosse apenas expectador da minha própria história, como se minha vida fosse um filme dirigido e editado por pessoas que nem conheço e minha opinião muito pouco interessa, pois estou aqui apenas para seguir o roteiro.
Agora eu te digo! Todo mundo em certo momento necessita de ser expectador da própria história. Qual é o mal que existe nisso? Se você não reler o último capítulo, como pretende melhorar o próximo? Portanto, é das mais profundas reflexões que surgem as maiores mudanças e, as mais acertadas!
Pois os melhores filmes são os mais bem editados e corrigidos, e para uma boa edição precisa-se de uma ótima observação. Então, observe, corrija, edite e depois viva! Faça o que for necessário para que sua vida seja como um filme que vale a pena ser estrelado. (Por Luciana Leopoldino)










 

17 maio 2017

A nova capa aprovada! Curiosos?

Obrigada Chiado Editora pelo trabalho lindo! Em breve será revelada aos leitores e seguidores IG!

14 maio 2017

Resenhas do Dan "O Livro do Destino"

Resenha- "O Livro do Destino" Raphael Miguel

O que você faria se recebesse um artefato capaz de alterar o destino das pessoas ao seu redor?

É com essa pergunta que iniciamos essa resenha do livro do destino escrito pelo autor brasileiro Raphael Miguel

Capa: 

Sabe aquela capa que você entende melhor após efetuar a leitura?
Esse é o caso, então se eu falar muito, será um spoiler. Confesso que não me chamou muito a atenção à primeira vista, mas após ler o livro, fez bastante sentido.

Sinopse: O que você faria se recebesse um artefato capaz de alterar o destino das pessoas ao seu redor, interferir no futuro e destruir realidades? O que faria se um instrumento de tamanho poder caísse em suas mãos? Praticaria o bem ou o mal? Utilizaria para sanar as desgraças do Mundo ou para alcançar objetivos egoístas? Tentaria salvar àqueles ao seu lado, ou salvaria apenas a si próprio? Eric Dias é um rapaz de recém feitos dezessete anos. Pacato, vive uma vida tranquila, sem grandes preocupações. No entanto, um presente inusitado pode alterar para sempre seu destino e de todos ao seu redor. O que o rapaz fará com tal responsabilidade sobre seus jovens ombros? 

Dados Técnicos: 2016, 206 páginas, Editora Chiado, Raphael Miguel.
Link para compra: O livro do destino

Resenha: Quando se ouve falar dessa obra pela primeira vez, logo vem à mente a obra japonesa "Death Note" na qual um rapaz encontra um caderno onde pode escrever o nome de pessoas que deseja a morte.
Nessa obra também há um livro superpoderoso e uma criatura que serve de guia para ele.
As semelhanças acabam por aqui, pois o livro do destino é ainda mais poderoso e, enquanto a obra japonesa foca na fantasia e na investigação, essa aqui foca na parte moral e ética de como se lidar com tamanho poder.

Presente ou maldição?: Essa é a dúvida que paina na mente do jovem Eric. Ao receber o livro, ele primeiro imagina estar com um grande presente nas mãos, uma grande oportunidade, mas, com o tempo, isso se torna um problema tão grande que chega a colocar sua vida em risco.
O livro enfatiza bem as relações familiares do garoto, principalmente com o falecido avô, aquele que lhe deixou o livro de herança.

Começa bem: O livro é um daqueles "page turners" pois você é logo fisgado pela história e quer saber no que vai dar. O autor "pega" o leitor de forma bem rápida.

Enrola no meio: Entre a descoberta do livro e o final, eu senti uma "barriga" na história. Você espera por grandes acontecimentos, mas eles não vêm. Acho que faltou mostrar o livro sendo usado mais vezes nessa parte.

Final para pensar: Confesso que fiquei bastante surpreso com o final da obra. Mais até do que contar uma história, o livro do destino é um livro que provoca o leitor a pensar. A se colocar no lugar daquele garoto e pensar: "O que será que eu faria"

"Nós escolhemos o nosso próprio destino

Nota e conclusão: O primeiro livro "full size" do autor mostra que ele não veio para brincadeira e pode se tornar um expoente no mercado nacional. O livro do destino tem uma ideia muito interessante e um final de virar a cabeça, mas ficou devendo um pouco mais de ação.
Também não gostei muito dos vilões da história. O tamanho proposto do vilão e o que ele acaba por fazer durante a história me soou meio incompatível.
Leia! É um livro que passa bem rapidinho e diverte! nota 3,5 no Skoob!


E você leitor, já leu o livro do destino? o que achou?

Resenha do Blog do autor Dan Folter "Desinformados" 
http://desinformadoss.blogspot.pt

Livro "Crónica dos Emergentes" Autor Edgar Moreira Prates

O Autor  Edgar Moreira Prates estará em Lisboa!
Venha prestigiar o autor com sua presença!